Curiosidades

Postado em 27 de Julho de 2015 às 16h51

Cuidados com o dentinho do bebê

Arte e Face Logo que o bebê nasce surgem muitas dúvidas. O medo de não saber identificar doenças, os cuidados com a higiene, o excesso de super proteção e até mesmo quando levar o...

Logo que o bebê nasce surgem muitas dúvidas. O medo de não saber identificar doenças, os cuidados com a higiene, o excesso de super proteção e até mesmo quando levar o recém-nascido ao médico. Mas a primeira visita ao dentista, quando deve ser realizada? De acordo com a especialista em implantes e próteses dentárias, Iara Giovana Gallon, da Clínica Arte & Face de Chapecó, o dentista poderá ser consultado antes mesmo de os dentinhos nascerem, por volta dos seis meses de idade.

O profissional poderá orientar sobre a maneira correta de proceder com a higiene bucal do bebê, pois ainda nos primeiros meses de vida os pais devem ter alguns cuidados básicos. “O ideal é fazer a limpeza de forma delicada na gengiva, bochecha e língua com uma gaze ou fralda umedecida em água filtrada pelo menos três vezes ao dia”, explica Iara.

Logo vem os primeiros sinais de que os dentinhos estão chegando. São coceiras na gengiva pela pressão dos dentes, gengiva mais esbranquiçada e aumento da salivação por conta do amadurecimento das glândulas salivares e pela incapacidade do bebê engolir toda a saliva. Nesse período, além da amamentação materna, a criança começa a ingerir outros alimentos, o que aumenta a responsabilidade com a higiene.

A mastigação de alimentos pode ajudar a fortalecer os ossos da face, mas é preciso ter cuidado com certos hábitos na hora de alimentar. “Os pais, avós, babás, enfim, as pessoas que cuidam do bebê devem evitar, por exemplo, assoprar os alimentos, ato comum no momento de esfriar a comida, pois pode ocorrer a transmissão de bactérias para a criança, provocando cáries. São detalhes que em um primeiro momento parecem ingênuos, mas que podem vir acompanhados de problemas para a saúde bucal do bebê”, avalia.

Quando começam a surgir os dentinhos, a higiene deve ser feita com dedeiras, mais delicadas que as escovinhas dentais. Depois, com o aparecimento de mais dentes, o correto é usar a escova infantil com creme dental sem flúor.

A visita ao dentista deve ser frequente, pois os dentes de leite servem como guia para o posicionamento e a fixação correta da dentição permanente, além de auxiliar na mastigação e no desenvolvimento da fala. “Os cuidados devem começar mesmo antes do nascimento dos primeiros dentinhos e precisam permanecer. Os benefícios aparecerão no futuro, com sorrisos lindos e saudáveis”, finaliza.

Veja também

Contaminação das Escovas Dentais27/07/15 As escovas dentais apresentam-se contaminadas por microrganismos?  As escovas dentais, após serem utilizadas para a higiene bucal uma única vez, por 1 a 4 minutos, e armazenadas em condições usuais, podem se tornar contaminadas por diferentes tipos de bactérias, inclusive estreptococos do grupo mutans (microrganismos causadores da doença cárie), vírus,......
Erosão Dentária27/07/15 O que é erosão dentária? A erosão dentária é outra doença que, além da cárie, compromete a saúde bucal. No entanto, até pouco tempo atrás essa alteração......
Três grupos de tratamentos dentários exigem anestesia geral30/07/15 A odontologia evoluiu muito nos últimos anos. Um reflexo disso foi a grande mudança filosófica que houve na prática comum de tirar dentes e instalar dentaduras para a prevenção e a devolução de uma......

Voltar para Curiosidades